• EMJEL Assessoria em Eletroeletrônica

Injeção Veterinária - Eletrônica voltada para aplicação de injeção em cachorros

Atualizado: Set 1


Eletrônica voltada para o treinamento da aplicação de injeção na região cervical de cachorros.

A eletrônica hoje está presente em soluções que envolvem principalmente monitoramento e sensoriamento de atividades e dados do nosso cotidiano. Consequentemente, tornando mais fácil, prático e preciso a execução dessas atividades, seja no nosso âmbito profissional ou pessoal. O Projeto foi desenvolvido para uma mestranda de Medicina Veterinária, que percebeu como a eletrônica poderia tornar o processo de aprendizado da aplicação da injeção mais preciso e prático. A ideia era que, ao aplicar a injeção na região cervical de um molde de cachorro tamanho real, um sinal fosse retornado ao aplicador. Indicando se ele concluiu a aplicação de maneira correta ou errou em seu processo.



Desenvolvimento do Projeto


Entendendo a importância de fazer um projeto viável economicamente, mas que ainda atendesse às necessidades da cliente, a EMJEL começou sua pesquisa na estruturação de um circuito que envolvesse dois LEDs, um vermelho e outro verde, que por intuição, indicariam qual o estado da aplicação da injeção no molde.

A equipe também se atentou no detalhe de utilizar da agulha para funcionar como chave do circuito, e evitar que uma vez que a agulha fechasse o contato, ambos os LEDs acendessem, o que confundiria o aplicador e não imprimiria o resultado correto.

Após realizar os cálculos de resistências e queda de tensão em cada LED e valor da fonte no circuito, o resultado final para seu esboço foi o seguinte:

Tendo o valor de R1 e R2 = 360 Ohms e O valor da Pilha medido em 9 Volts.


A etapa seguinte se sucedeu em construir a parte física do circuito, realizando testes na região óssea do molde, que responderia que a injeção foi aplicada incorretamente. Assim como no músculo, que foi simulado por uma bexiga vazia com palha de aço em seu interior, e que por sua vez responderia sinal positivo para injeção.

Após delimitar a região óssea que precisaria estar coberta de material condutivo para que o circuito fosse fechado com o contato da agulha, a região foi coberta principalmente por camadas de papel alumínio e palha de aço, garantindo a viabilidade econômica do projeto para a cliente e o sucesso em sua execução.

A finalização do projeto foi dado por garantir o sucesso do funcionamento do circuito no protótipo final do Molde, indicado pela figura abaixo:



Resultados Obtidos


Através de um circuito simples, o projeto comprovou a ideia de como sistemas eletrônicos podem contribuir para atividades do nosso cotidiano. Neste caso, a ideia principal de atender às demandas de matérias práticas do curso de Medicina Veterinária, promovendo uma maior didática durante a aula por meio dos resultados obtidos pelos LEDs, podendo ser visualizados pelos alunos.



O campo da eletroeletrônica é vasto, existindo incontáveis maneiras de aprimorar máquinas, reduzir gastos, automatizar funções, inovar, planejar e construir novos protótipos. A EMJEL organiza-se para que seus membros estejam sempre capacitados para encarregar-se dos mais variados desafios e trabalhar nos projetos da melhor forma possível, entregando produtos íntegros ao consumidor final, tendo a solução para sua ideia. Para a realização do seu projeto, entre em contato conosco e obtenha seu orçamento de forma gratuita!