• Ana Princival

Saiba como deixar sua CASA mais SUSTENTÁVEL!

Atualizado: Mar 24

Alternativas no momento da construção (Alcance Engenharia Jr)


Sistemas Construtivos Sustentáveis


Um deles é o Steel frame, que utiliza painéis metálicos fechados junto de placas anexadas que podem ser de madeira, Drywall e cimentícias. Uma das grandes vantagens desse processo é a sua precisão e a efetiva racionalização dos recursos.


Essa é considerada uma técnica sustentável por ter baixíssimo índice de desperdício e de descarte de materiais agressivos ao meio ambiente (pouco lixo gerado durante a execução), além de ter grande parte da matéria-prima proveniente de materiais reciclados.


Outro sistema construtivo sustentável é a construção modular, que consiste na produção de “fatias” de casa prontas para serem anexadas na obra. Resumidamente, funciona como se um caminhão levasse as paredes de sua ao canteiro, e lá fosse realizada apenas a montagem. Suas principais vantagens são a redução da emissão de carbono, pelo uso racional de matérias-primas, e a utilização de materiais resistentes, duráveis e que podem ser reciclados (como o aço carbono e o aço galvanizado).


Já a casa container é um tipo de processo construtivo em que a estrutura chega praticamente pronta para a construção. Assim, o tempo de obra é reduzido e o uso de materiais, como água, cimento, areia e brita, é dispensado — tornando este também um processo construtivo mais sustentável que os tradicionais. O uso do container em construções surge como uma meio de reaproveitar esse material, dando uma nova utilização a algo que seria descartado e geraria grandes impactos ambientais, como a emissão de carbono. No entanto, uma desvantagem é seu superaquecimento interno e, por isso, o uso do container costuma ser indicado para climas mais amenos, dispensando sistemas de ar condicionado.


Saiba mais sobre a utilização do contêiner na Construção Civil!


Projeto Inteligente e Construção Racionalizada


Uma construção racionalizada se baseia em material adequado, mão de obra qualificada e um bom projeto. É fundamental ter em mãos um projeto inteligente, ou seja, que explore os melhores ângulos e possibilite um melhor proveito da luz natural. Visto que janelas mal dimensionadas ou isolamentos incorretos podem interferir na entrada de luz e calor, por exemplo, um projeto de qualidade e um planejamento eficiente de sua casa evitarão o uso excessivo de luzes ou aparelhos para condicionar a temperatura.


Além disso, independentemente do processo construtivo escolhido, racionalizar o canteiro e manter sua organização é fundamental para uma construção sustentável, pois, assim, é possível reduzir custos e desperdícios.


Caso seja necessário optar por processos convencionais, não se esqueça de sua responsabilidade com o meio ambiente. Lembre-se de que sempre é possível tornar a construção mais sustentável! Ficou curioso? Confira mais alternativas sustentáveis na construção civil.


Alternativas ambientais (Ciclus Consultoria)


Além disso, depois de finalizada a construção, é possível deixá-la ainda mais sustentável, e para isso podemos utilizar um velho amigo: o meio ambiente.


Lembra de quando você estava no fundamental e aprendeu que as plantas faziam a troca de gás carbônico por oxigênio na fotossíntese? Você pode utilizar isso para o seu benefício, seguindo as seguintes dicas:


Faça uma horta com os temperos que você mais gosta


Ela pode ser pequena ou grande, no solo ou vertical, o indispensável é: Os temperos que você gosta e MUUIITA luz solar. Então, escolha um local na sua casa que receba raios de sol a maior parte do dia, planeje quais materiais utilizar (aqui vale usar sua criatividade, garrafa PET, potes de margarina, entre outros), e escolha seus temperos favoritos.


Além de te ajudar a economizar com o supermercado, os temperos auxiliam na purificação do ar, perfumam sua casa e são uma ótima decoração.


Utilize plantas como decoração


Assim como os temperos, as plantas também são ótimas opções para deixar o ambiente mais vivo, bonito e aconchegante. E é claro, também purificam o ambiente.


Não há uma planta exata para ser escolhida, há aquela que vai mais de acordo com seu gosto. Você pode escolher desde uma samambaia até uma palmeira. Deixe sua imaginação agir.


Reutilize a água


Com a forma de armazenamento correta, você pode reutilizar tanto a água da chuva quanto a água da sua máquina de lavar. Para isso, você vai precisar de uma cisterna, que já conta com um sistema de coleta e também de reservatório.


Você pode utilizar a água da chuva para regar as plantas que você tem dentro de casa, ou para lavar as calçadas e o carro, assim como a água da máquina de lavar.


Estima-se que em apenas 15 minutos, uma mangueira doméstica gaste até 300 litros de água, um desperdício totalmente evitável, como te mostramos aqui.


Faça compostagem


Seria incrível poder transformar o que sobrou do seu almoço em adubo para suas plantinhas não é mesmo? Pode ter certeza que você pode!

A compostagem é uma técnica totalmente sustentável e barata que reaproveita todo o material orgânico produzido na sua casa. Ocupa pouco espaço, não produz mau cheiro e ajuda o meio ambiente?


Tudo que você precisa é 3 caixas montadas e com furinhos como na foto abaixo, minhocas, humus, serragem e também o material orgânico.


Quer saber mais sobre compostagem? Leia sobre a funcionalidade de uma composteira doméstica.


EMJEL (alternativas elétricas)


Procure pela eficiência energética


Além de baratear a sua conta de luz, a eficiência energética é um método de otimizar o consumo de energia elétrica. Através da análise da sua tarifa de luz, é possível descobrir se há alguma irregularidade (indicada pelas multas), os padrões de entrada e o perfil de utilização da sua casa.


Após certificar-se do fornecimento regulamentado, busque por métodos que auxiliem o consumo estratégico, como o correto posicionamento de lâmpadas e tomadas, a potência necessária de iluminação e eletrodomésticos, além do corte de todos os gastos que você não julga como essenciais.


Segurança também é sustentabilidade


Qual foi a última vez que você contratou um profissional da área para revisar a manutenção de suas instalações elétricas?


Muitos dos incidentes que ocorrem são atribuídos a falhas que poderiam ter sido evitadas: a correção da fiação, o dimensionamento assertivo de componentes e a verificação de dispositivos de segurança.


É necessário, periodicamente, fazer uma checagem de todo o projeto elétrico da casa, a fim de certificar-se de que a instalação está em perfeito funcionamento. Dessa forma, todos os moradores estão seguros e a estrutura estará livre de imprevistos.


A energia limpa renovável é o futuro


Para uma maior autonomia você também pode optar por instalar painéis fotovoltaicos em sua residência. Além de não ser agressivo ao meio ambiente, a energia solar possibilita a independência da concessionária e redução de preços tarifários.


Seu funcionamento é garantido mesmo em dias nublados e os painéis podem ser alocados no telhado da residência. A tendência é que cada vez mais sejam empregados, em corporações e em domicílios, visto sua eficiência e custo-benefício.

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo