• Amanda Morente

Sensores: você sabe o que são?

Atualizado: Set 2

Os sensores são dispositivos usados em diversos tipos de aplicações, podendo ser utilizados em indústrias, comércios e até mesmo em residências. Por mais que muitas das vezes não nos damos conta, na vida cotidiana os sensores estão presentes em várias situações, sendo aplicados desde na utilização de uma simples balança até em complexos sistemas industriais.



Como funcionam?


Um sensor é um dispositivo capaz de detectar a variação ou estímulo de uma entrada proveniente do ambiente e emitir um sinal possível de ser convertido e interpretado por outros dispositivos. Em sistemas elétricos, ao ser convertido, esse sinal pode ser lido por um processador ou ser eletronicamente transmitido para uma rede de dados.

Na área da engenharia é muito comum que sensores sejam utilizados interligados a controladores e a IHM’s (interface-homem-máquina), de forma a possibilitar que algum processo seja monitorado ou controlado. Nessas aplicações os controladores atuam realizando a lógica dos dispositivos, enquanto a IHM’s mostram as informações em uma tela e também permite que as máquinas sejam comandadas.

No cotidiano, os sensores atuam como facilitadores do nosso dia a dia e são aplicados para diversas finalidades. Utilizamos sensores de presença para acender lâmpadas, acelerômetros para estimar a velocidade na qual nos movemos, sensores de temperatura para controlar a temperatura de ambientes, sensores de níveis para medição de combustível em automóveis e diversos outros.



Sensores Digitais


Sensores digitais são sensores que emitem uma tensão em seu sinal de saída que representa o nível digital a ser medido, podendo assumir somente dois valores: 0 e 1, que podem ser interpretados como aberto e fechado, ou falso e verdadeiro. Esse sinal sofre variação conforme o estado ou valor da sua variável de entrada.


Um exemplo de sensor digital é o sensor mecânico de fim de curso. Ao ser implementado a, por exemplo, um portão elétrico, o fim de curso é capaz de identificar quando a peça de movimentação chegar ao ponto máximo, enviando um sinal ao motor e fazendo com que o movimento seja encerrado.


Sensores Analógicos


Diferente dos digitais, os sensores analógicos possuem um sinal de tensão contínuo e podem assumir qualquer valor em seu sinal de saída, que se altera ao longo do tempo. Temos como medidas analógicas grandezas físicas como velocidade, pressão, tensão, deslocamento e outros.

Temos como exemplo de sensor analógico os sensores de temperatura. Estes dispositivos detectam a temperatura de um determinado meio a partir de uma característica do próprio dispositivo, como um infravermelho, resistência elétrica ou ou diversas outras.



Tipos de sensores e suas aplicações


No mercado atual temos à disposição diversos tipos de sensores, com variadas formas de aplicação. A escolha de um sensor adequado depende exclusivamente da finalidade com que ele será instalado, de forma que se faz necessário avaliar as condições do ambiente e a atividade para qual ele será empregado.


Para saber mais sobre os tipos de sensores acesse: EMJEL.com.br/post/sensores-tipos-e-aplicações


Fontes:


MundodaEletrica.com.br

CitiSystems.com.br

AdoroRobotica.com

Feg.unesp.br